Blow-Up

um filme de Michelangelo Antonioni

111 min., 1966, Reino Unido/Itália/EUA, DCP

sinopse

Um fotógrafo de moda tira fotos de um casal em um parque londrino. Escondido, Thomas fotografa o que aparentemente é uma relação romântica. Quando a mulher o procura e exige os negativos, ele se recusa. Instigado pela insistência dela, ele examina as fotografias e as amplia, Thomas está convicto que resolverá o enigma de um crime a partir das fotos. Em seu primeiro filme em inglês, baseado num conto de Julio Cortázar, Antonioni explora tanto a interação entre o indivíduo e os conceitos de realidade, ilusão e aparência, quanto a veracidade da imagem.

ficha técnica

Roteiro: Michelangelo Antonioni, Tonino Guerra, Edward Bond (Baseado no conto Las babas del diablo, Julio Cortázar)
Fotografia: Carlo Di Palma
Montagem: Frank Clarke
Música: Herbie Hancock
Elenco: David Hemmings, Sarah Miles, Vanessa Redgrave, Verushka
Produção: Carlo Ponti, Pierre Rouve
Classificação indicativa: 14 anos 
 

sobre o diretor

Michelangelo Antonioni nasceu em Ferrara, no norte da Itália, em 29 de setembro de 1912, em uma família burguesa, estudou economia na Universidade de Bolonha. Foi primeiro crítico de cinema de uma revista local antes de se mudar para Roma para seguir os cursos do Centro Experimental de Cinema e colaborar com a revista "Cinema", considerados um foco de resistência ao fascismo. Recebeu o Leão de Ouro no Festival de Veneza de 1964 por O Deserto vermelho; Palma de Ouro no Festival de Cannes em 1967, por Blow up; prêmio especial do júri em Cannes em 1982, porIdentificação de uma mulher e recebeu o Oscar em 1995 e o Leão de Ouro em Veneza em 1997, ambos pelo conjunto da obra. Seu estilo se afirmou na trilogia de seus filmes mais célebres: A Aventura (1960), A noite (1961) e O eclipse (1962), interpretadas pela atriz Monica Vitti, sua companheira e musa por cerca de dez anos. Em 1975, fez O passageiro - profissão: repórter, com Jack Nickolson e Maria Schnneider. Morreu em 2007, em Roma.

filmografia

Cronaca di un amore | Crimes da alma (1950)
I vinti | Os vencidos (1952)
La signora senza camelie | A dama sem camélias (1953)
Le amiche | As amigas (1955)
Il grido | O grito (1957)
L'Avventura | A aventura (1960)
La notte | A noite (1961)
L'Eclisse | O eclipse (1962)
Il deserto rosso | Deserto vermelho (1964)
Blow-Up (1966)
Zabriskie point (1970)
Chung Kuo, Cina (documentary, 1972)
The passenger (1975)
Il mistero di Oberwald | O mistério de Oberwald (1981)
Identificazione di una donna | Identificação de uma mulher (1982)
Al di là delle nuvole | Além das nuvens (1995) 

festivais

 Cannes Film Festival (1967) - Palma de Ouro

trailer

fotos

poster